Back to Top
"Tudo me atinge, vejo demais, ouço demais, tudo exige demais de mim."

Clarice Lispector.    (via palavria)

(Source: cerimoniais, via palavria)

"Metade de mim já se alterou, mas a outra metade é a mesma, metade de mim é multidão, outra metade é solidão, metade de mim é só risos, outra metade é só pranto, metade de mim é só amor, outra metade é só frieza, metade de mim já morreu, outra metade, sobreviveu. Metade de mim é só inocência, outra metade pura malícia, metade de mim é ironia, outra metade é sinceridade, metade de mim é bastidor, outra metade, é protagonista, metade de mim é palhaçada, outra metade, é seriedade, metade de mim é desastrada, outra metade é delicada, metade de mim já se foi, outra metade, ficou mais forte, metade de mim é preto e branca, outra metade é colorida, metade de mim é permanente, outra metade, de repente, metade de mim é igualdade, outra metade é diversidade, metade de mim virou pedra, outra metade, floresceu, metade de mim é só ruídos, outra metade é só silêncio. Porque metade de mim é todo mundo, mas a outra, absolutamente ninguém."

Jhennfer Wernek   (via orquideais)

(Source: segredou, via essencialismo)

"Ah, mas tudo bem. Com o tempo, todo mundo se acostuma. As pessoas esquecem umas das outras com tanta facilidade. Como é mesmo que minha mãe dizia? Quem não é visto, não é lembrado. Longe dos olhos, longe do coração. Pois é."

Caio Fernando Abreu. (via nevou)

(Source: antalgico, via nevou)

"I don’t think people understand how stressful it is to explain what’s going on in your head when you don’t even understand it yourself."

Sara Quin  (via sadfag)

(via ocean-shores)